Escola HeadsUP de Idiomas

Se localiza na Rua Gersoni Napoli nº118 - 1 ºandar - Centro - Registro-SP Fone: (13) 3821-1109 ou (13)3822-1259

Escola HeadsUP de Idiomas

Se localiza na Rua Gersoni Napoli nº118 - 1 ºandar - Centro - Registro-SP Fone: (13) 3821-1109 ou (13)3822-1259

Escola HeadsUP de Idiomas

Se localiza na Rua Gersoni Napoli nº118 - 1 ºandar - Centro - Registro-SP Fone: (13) 3821-1109 ou (13)3822-1259

Escola HeadsUP de Idiomas

Se localiza na Rua Gersoni Napoli nº118 - 1 ºandar - Centro - Registro-SP Fone: (13) 3821-1109 ou (13)3822-1259

Escola HeadsUP de Idiomas

Se localiza na Rua Gersoni Napoli nº118 - 1 ºandar - Centro - Registro-SP Fone: (13) 3821-1109 ou (13)3822-1259

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Sabe o que precisamos, inicialmente, para entrarmos em curso? COURAGE! Isso mesmo, CORAGEM!

Sabe o que precisamos, inicialmente, para entrarmos em curso? COURAGE! Isso mesmo, CORAGEM!

Um dos maiores obstáculos para quem deseja falar outra língua é a timidez. É natural não se sentir à vontade para começar a esboçar um diálogo num outro idioma, pois sabemos que no começo os erros são inevitáveis. Porém, é preciso lembrar que os erros são tão inevitáveis quanto necessários. Não se esqueça de que é assim que todo mundo aprende. Não tenha medo de errar e não perca a oportunidade de colocar em prática o que aprendeu, mesmo que seja pouco.


sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Curiosidades - Ano Novo na Espanha

Curiosidades - Ano Novo na Espanha

O Ano novo na Espanha tem muito menos tradições que o nosso e não é ligado a cores como aqui no Brasil. Já que lá o inverno é rigoroso e as cores escuras são as mais procuradas. Porém, existem algumas coisas que não podem faltar. Conheça um pouco:

Como parte importante da tradição de Ano Novo, para além do vinho espumante, deverá comer 12 uvas. Esta antiga tradição, embora não sendo exclusiva deste país, estende-se a toda a Espanha. Á meia-noite, come-se uma uva por cada badalada do relógio, num total de 12 uvas. Os bares e restaurantes costumam fornecer as uvas gratuitamente, cerca de um quarto para a meia-noite. Este é apenas o início da celebração, com centenas de bares e clubes abertos por toda a cidade.

As festas perduram até ao amanhecer. Praticamente todos os bares ficam abertos e é normal encontrar,  na manhã do 1 de Janeiro, muitas pessoas que estão a terminar a noite e se preparando para lidar com os seus “efeitos”!
Por volta das 5-6 da manhã dirija-se à cafeteria e peça uma deliciosa bebida de chocolate quente, para aquecer o coração e manter o espírito longe do frio do Inverno.

Outra boa diversão de Ano Novo, geralmente em Madri, inclui uma sessão agradável de patinagem no gelo, ao ar livre. Diversas lojas, de roupa, música ou entretenimento, permanecem abertas até tarde permitindo compras de última hora, como o vestido para a festa.

Passagem de ano na Espanha, uma noite inesquecível de diversão e alegria. As tradições e o ambiente encantador, descontraído e romântico, irão fazer do seu Ano Novo uma experiência verdadeiramente agradável.



¡Feliz Año Nuevo!

Equipe Heads Up Idiomas

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

TODAY IS BLACK FRIDAY!

TODAY IS BLACK FRIDAY!

É claro que, com o crescimento do comércio digital, a data tipicamente norte-americana ganhou força também em outros países. Isso fez com que até mesmo empresas brasileiras entrassem na onda das superofertas — e, consequentemente, atraiu consumidores que até então não conheciam o “feriado”. 
A história por trás da origem da Black Friday é um tanto quanto nebulosa, uma vez que não há um marco exato para a criação da data. Para se ter uma ideia, há quem diga que a expressão “Sexta-feira Negra” nasceu no final do século XIX após duas instituições financeiras terem quebrado no mesmo dia em plena corrida do ouro. Coincidentemente, em uma sexta-feira. No entanto, isso nada tem a ver com as promoções que todos adoram. 
De acordo com o linguista Ben Zimmer, a teoria mais aceita sobre o surgimento da Black Friday acredita que o termo foi criado por policiais da Filadélfia na década de 60 para se referir ao dia após o feriado do Dia de Ação de Graças em que o trânsito se tornava um caos.
Segundo ele, o fluxo de veículos por conta da folga prolongada e das partidas de futebol realizadas sempre nessa época aumentava consideravelmente. E ao mesmo tempo em que isso era uma dor de cabeça para os agentes da lei, era o sonho dos lojistas, que faziam diversas promoções para atrair quem passasse por lá.
Zimmer explica que a referência ao trânsito logo se expandiu e se tornou uma expressão local às ofertas, se transformando em uma grande tradição. No entanto, o linguista afirma que ainda não está claro como isso se espalhou para outros pontos dos Estados Unidos, embora não seja difícil imaginar que a vontade de pagar menos por alguns produtos tenha auxiliado nessa tarefa.
Com a popularização do feriado, não tardou para que as primeiras investidas de marketing logo surgissem. O curioso é que, tão logo o consumidor aderiu à Black Friday, algumas tentativas de alterar o nome começaram a aparecer. A mais marcante delas, como conta Zimmer, foi a proposta de abandonar esse termo — que muitos consideravam pouco convidativo para o comércio — para adotar algo como Big Friday. Como você já deve ter percebido, a sugestão não foi bem aceita e ficou por isso mesmo.


Fonte: www.megacurioso.com.br

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Curiosidades - Dia dos Mortos é festa no México


Dia dos Mortos é festa no México

Día de Muertos é comemorado por todo o país / Foto: Divulgação VisitMexico.com





Além de um dia de lembranças e saudade, o dia de Finados pode ser também um dia de festa, pelo menos em outros países, onde o 02 de novembro é celebrado com música, fantasias, apresentações teatrais, caveiras bem simpáticas e muita alegria.

O Día de Muertos (Dia dos Mortos) mais conhecido, é o mexicano e por ali a comemoração começou antes da chegada dos colonizadores espanhóis. 

Por lá e em alguns países da América Central e em comunidades dos EUA (onde há grande concentração de população com origem mexicana ou centroamericana) a festa acontece nos dias 01 e 02 de novembro, coincidindo com as celebrações católicas dos dias de Todos os Santos (01) e Finados (02).

A festividade mexicana é declarada Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura).

Curiosidades - Sobre o Halloween

Curiosidades - Sobre o Halloween



Introdução

O Halloween, também conhecido como Dia das Bruxas, é uma celebração típica da cultura norte-americana. De origem pagã, a tradicional festa ocorre anualmente, todo dia 31 de outubro. Além dos EUA, outros países de língua inglesa (Canadá, Escócia, Inglaterra e Irlanda) também comemoram esta data.

Como é comemorado nos Estados Unidos

Como o Halloween não está ligado a nenhuma instituição, a organização da festa ocorre de forma descentralizada. Geralmente, são as escolas, clubes, famílias, empresas e grupos de amigos que organização e celebram a data.

O caráter religioso foi perdendo, com o passar do tempo, a relação com o Halloween. Atualmente, nos Estados Unidos, a celebração está mais ligada ao mundo da brincadeira, diversão e socialização.

O Halloween também é muito explorado comercialmente nos Estados Unidos. A venda de trajes e objetos relacionados à data faz movimentar o comércio das lojas e empresas relacionadas às festas.

Principais atividades do Halloween nos Estados Unidos (tradições):

- Trick or treat (“doce ou travessura”) – crianças fantasiadas com trajes típicos (fantasmas, múmias ou outros personagens assustadores) passam de casa em casa pedindo doces e balas.

- Uso de trajes típicos (assustadores) – Pessoas usam estas fantasias em festas promovidas, geralmente, por escolas e empresas. O foco é a criatividade, diversão, integração e socialização.

- Além das roupas, as maquiagens de terror também estão muito presentes nas comemorações desta data. A criatividade dos maquiadores é voltada para a criação de personagens que representem o Dia das Bruxas.

- Abóbora do Dia das Bruxas (apelidada nos EUA de Jack-o'-lantern) – envolve todo um ritual de comprar a abóbora, tirar as partes internas, esculpir uma face assustadora e, no período noturno, acender uma vela dentro. Em várias cidades norte-americanas ocorrem exposições e concursos para eleger a abóbora mais assustadora ou criativa. Vale lembrar que a maioria das pessoas nos Estados Unidos não faz isto com propósito espiritual ou religioso, mas sim como um evento tradicional e cultural.

- Visita a atrações assombradas – muitas destas atrações são montadas em parques de diversão ou shoppings centers.

- Conto de histórias assustadoras – realizado, principalmente, entre amigos ou em livrarias.

- Brincadeiras típicas do Halloween – uma das mais realizadas consiste em encher uma bacia de água e jogar maçãs dentro. As maçãs ficam flutuando e os participantes devem pegá-las com os dentes (mordendo).

- Organização de festas e bailes à fantasia com temática do Dia das Bruxas.

- Assistir filmes ou encenações teatrais de terror.

- Acendimento de fogueiras.


segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Curiosidades - Conheça o Canadá

Curiosidades - Conheça o Canadá


Quem aí gosta do Canadá? País lindo, não? E Toronto, uma das cidades mais populosas do país, tem seu charme especial. Leia agora 20 CURIOSOS TÓPICOS SOBRE A CIDADE DE TORONTO:

A palavra Toronto vêm de tkaronto, que na língua dos indígenas canadenses significa “onde há árvores nas águas”.
Toronto é a sétima maior cidade da América do Norte e a primeira do Canadá.
A região metropolitana de Toronto possui em torno de 6 milhões de habitantes. A cidade propriamente dita, no entanto, é habitada por 2,8 milhões de pessoas.
Toronto é a capital da província de Ontário, a mais populosa das 10 províncias canadenses. A segunda cidade mais importante é Ottawa, a capital do Canadá.
A maior parte da população é de origem europeia (sobretudo descendentes de ingleses, escoceses, irlandeses, alemães e franceses). Há, porém, um grande contingente de pessoas de origem africana e asiática.
Toronto é uma das cidades mais multiculturais do mundo. É possível encontrar pessoas de quase todas as origens em suas ruas: brasileiros, árabes, chineses, filipinos, coreanos, japoneses, mexicanos…
Ao lado de Vancouver, a principal cidade da costa oeste canadense, Toronto é uma das melhores cidades da América do Norte para se viver. Recentemente, uma importante publicação da área econômica escolheu ela como a melhor cidade do mundo para se viver.
Toronto fica às margens do lado Ontário, próximo à divisa com os Estados Unidos. O Ontário é um dos principais dos cinco Grandes Lagos da América do Norte.
O principal ponto de atração turística da cidade é a Torre CN. Durante muito tempo ela foi a mais alta torre do mundo. Com mais de 550 metros de altura, a CN foi recentemente ultrapassada pela Canton Tower, da China, e pela Tokyo Skytree, do Japão.
Um dos esportes mais praticados na cidade – assim como em todo o Canadá – é o hóquei sobre o gelo. O principal time é o Toronto Maple Leafs. O basquete e o beisebol também são bastante populares.
Acredite se quiser, mas Toronto tem times em todas as grandes ligas norte-americanas. A única exceção é a NFL.
Toronto foi a cidade-sede dos Jogos Pan-Americanos de 2 015.
A indústria cinematográfica local é provavelmente uma das mais desenvolvidas do Canadá. Toronto, assim como Vancouver, é constantemente usada como cenário de filmes (inclusive para retratar cidades norte-americanas como Nova York).
O maior museu do Canadá é o Royal Ontario Museum, em Toronto.
Imóveis são extremamente caros. Uma simples casa de classe média pode chegar a estratosféricos US$ 1 milhão (isso mesmo: 1 milhão de dólares).
O site de viagens Lonely Planet apontou Toronto como o terceiro melhor destino para o público LGBT do mundo, atrás de Copenhague, na Dinamarca, e da Nova Zelândia.
Em Toronto, a temperatura pode chegar a 40º Celsius durante o verão e -33º Celsius no inverno, uma diferença de mais de 70 graus.
Em virtude do inverno rigoroso, Toronto possui uma vasta rede de ruas subterrâneas. Exclusiva para pedestres, essa rede tem uma extensão de 29 quilômetros, com espaço para 1 200 lojas.
Toronto é o principal polo industrial do Canadá. A sua economia está em 20º entre as economias das maiores metrópoles do mundo.
Uma das coisas que mais chamam a atenção dos brasileiros que viajam pela primeira a Toronto (e ao Canadá, é claro) é a segurança. Além de deixar portas e janelas abertas, as pessoas costumam “largar” coisas no jardim: bicicletas, carrinhos de bebê, brinquedos… Ninguém se preocupa com assaltos.


terça-feira, 20 de outubro de 2015

Dica : Aprenda no minimo outro Idioma e se destaque no Mercado de Trabalho



Dica : Aprenda no minimo outro Idioma


Para se destacar no mercado de trabalho, é preciso cumprir algumas regras básicas. Uma delas, falar no mínimo outro idioma, é pré-requisito. Porém, novas pesquisas mostram que saber outra língua, além de ajudar no crescimento profissional, pode contribuir para outros fatores que influenciarão na postura e sucesso do profissional.

Não perca tempo, comece a estudar o quanto antes!! 
Heads Up é a solução!